Você viu?

MELHORES MOMENTOS DA ABERTURA DAS OLIMPÍADAS RIO 2016

By  | 
links patrocinados

sub-buzz-5488-1470456738-1

As Olimpíadas Rio 2016 já começaram, muitas modalidades já tiveram seus vencedores e outras já têm seus classificados para as próximas fases. Porém, mesmo 3 dias após de abertura oficial dos Jogos Olímpicos, as apresentações da cerimônia não saíram da mente do público. As performances foram tão espetaculares que a imprensa nacional e internacional foram só elogios à abertura das Olimpíadas de 2016. Aqui nós separamos os melhores momentos e melhores atrações do show para você:

 

HINO NACIONAL

paulino-keZC-ID000002-1024x682@GP-Web

O show de abertura começou com Paulinho da Viola interpretando o hino nacional brasileiro, acompanhado por um octeto de cordas. A bandeira do Brasil foi hasteada no Maracanã lotado, com mais de 70 mil pessoas, e logo após a apresentação, o estádio irrompeu em fogos de artifício.

 

 

HISTÓRIA DO BRASIL

88029FPIF7-0508C49-10378

A história do Brasil foi contada de maneira emocionante, através de um show de luzes e coreografia. A formação da identidade brasileira foi mostrada desde o princípio, com a cultura indígena, passando pela exploração europeia, escravidão e urbanização. Durante a encenação, projeções davam um ar tecnológico e surpreendiam o público.

 

CONSTRUÇÃO

sub-buzz-11761-1470451942-1

Chegando ao momento histórico do surgimento das grandes cidades e centros urbanos, bailarinos pulavam imagens de prédios que eram projetadas e davam a impressão de tridimensionalidade. Depois disso, uma estrutura vertical de prédios apareceu e os bailarinos pulavam, se penduravam e dançavam ao som da música Construção, de Chico Buarque.

 

14 BIS

_90694065_14bis

O inventor do avião, Santos Dumont, ganhou um momento de homenagem. O 14 Bis estava no Maracanã e atravessou o estádio em voo rasante, e logo em seguida assistimos a um pequeno filme de imagens do Rio de Janeiro, que seriam supostamente do 14 Bis que estaria sobrevoando a cidade.

 

 

GAROTA DE IPANEMA

_315976

A música de Tom Jobim, conhecida internacionalmente e marca da música brasileira, não poderia ficar de fora do show de abertura das Olimpíadas. E para representar a nossa Garota de Ipanema, ninguém mais como a mulher mais linda desse Brasil – e do mundo: Gisele Bundchen! A modelo desfilou mais de 120 metros do estádio, foi ovacionada e conseguiu entreter mais de 70 mil pessoas com o seu andar.

 

REPRESENTATIVIDADE

karol-conka-mc-sofia-olimpiadas

Para mostrar a diversidade da cultura brasileira, tivemos a apresentação de diversos artistas musicais:  Ludmilla, Elza Soares, Zeca Pagodinho, Marcelo D2 e também, Karol Conká e Mc Soffia, que interpretaram a música Toquem os Tambores, reafirmando o empoderamento feminino e o empoderamento negro da nossa população.

 

REFUGIADOS

_time-dos-refugiados-recebeu-o-apoio-do-publico-presente-no-maracana-1470448783952_v2_600x337

A penúltima delegação a desfilar pelo Maracanã emocionou a todos. A Equipe Olímpica dos Refugiados foi uma das mais ovacionadas pelo público. Entre os atletas, estavam sírios, sudaneses do sul, congoleses e etíopes, somando 10 nomes em suas fileiras. Essa é a primeira equipe de refugiados da história das Olimpíadas.

 

DELEGAÇÃO BRASILEIRA

sub-buzz-13081-1470456363-1

Um dos momentos mais esperados da noite era a entrada da delegação brasileira no estádio. Como de costume, a delegação do país sede das Olimpíadas é a última a se apresentar. Após a equipe dos refugiados, os atletas brasileiros adentraram o Maracanã e foi uma explosão de emoção contagiante.

 

CARNAVAL

sub-buzz-6278-1470456565-1

Em referência ao samba brasileiro, o compositor Wilson das Neves estava acompanhado de um menino que sambava animado. Também subiram ao palco Caetano Veloso, Anitta e Gilberto Gil, cantando acompanhados de baterias de várias escolas de samba do Rio de Janeiro, além de passistas, porta-bandeiras e todo o público do estádio, que foram contagiados pelo estilo musical brasileiro reconhecido ao redor do mundo.

 

PIRA OLÍMPICA

 

 

sub-buzz-5513-1470456643-1

Para encerrar a cerimônia, esperávamos por um momento chave: o trajeto da tocha até a pira olímpica. A tocha, antes de acender a Pira, entrou no Maracanã pelas mãos de Guga, que estava muito emocionado ao realizar o percurso. Depois de Guga, a tocha passou para as mãos de Hortência, que a conduziu até o ex-maratonista e atleta icônico brasileiro, Vanderlei Lima. Após passar por 12 mil condutores, Vanderlei teve a honra de acender a Pira Olímpica, que se transformou em um sol, iluminando o Maracanã.

links patrocinados